Esperança do Advento - Um Blog Cheio de Esperança

Esperança do Advento - Um Blog Cheio de Esperança

terça-feira, 11 de setembro de 2012

QUAL É A PALAVRA MAIS DIFÍCIL?

Quem pode dizer que essas coisas não são assim? Será que alguém pode provar que não estou dizendo a verdade? Jó 24:25

      Certos “amigos” já tentaram convencê-lo a fazer alguma coisa que você sabia que não devia porque não era certo? E aí você ouviu aquela frase batida: “Confie em mim, sou seu amigo, não sou? Não vou colocar você em uma fria!”

      Muitas vezes, as pessoas insistem conosco para nos convencer a fazer algo que “todo mundo faz”, mas que, sabemos, desagrada a Deus. Há circunstâncias em que a palavra mais difícil de ser dita é “não”. Sabe, por trás de tudo que vai contra a orientação de Deus, existe o mal. Nesses momentos de tentação, precisamos ser fortes, corajosos e ter confiança em Jesus para dizer: “Não, eu não vou fazer tal coisa.”

      As pessoas que não seguem os ensinamentos de Jesus têm um modo muito superficial de ver as coisas. Mas os motivos e valores que aprendemos de Jesus não variam com a moda nem com o tempo. Eles são inabaláveis e eternos. Como você pode se manter forte e corajoso para responder “não”? Estudando e praticando a Palavra de Deus.

     Você pode fazer uma lista de assuntos que sabe que desagradam a Deus, e lê-la sempre. Poderá começar sua lista assim: direi “não” sempre que for tentado a mentir, fingir, responder mal aos mais velhos, cobiçar, fumar, e assim por diante. Dizer “não” é um direito seu, uma forma de honrar a si mesmo e uma forma de honrar a Deus. Muitas vezes, você precisará dizer “não”, para se sair bem na vida. Pratique dizer “não” sempre que necessário, e não se surpreenda se a vida disser “sim” para você e para sua felicidade!

 Fonte:http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/ij/2011/ij092011.html#14 

Um comentário:

Equipe do Programa GESTAR II em Camocim, no Ceará. disse...

Hoje em dia, é difícil ouvir alguém dizer: não, você não pode bater no seu amiguinho; não, você não vai passar a madrugada na rua; não, você não vai dirigir sem carteira de habilitação; não, essas pessoas não são companhias pra você; não, você não vai faltar na escola sem estar doente. Quando ouvimos bons, justos e firmes "NÃOS" , aprendemos também a dizê-los quando é preciso. Assim, o "não" protege, ensina e prepara. Pense nisso!